segunda-feira, 14 de abril de 2008

Trio perfeito para o fetichista chinês

Post extraordinário

Vou tentar ser mais econômico nos posts extraordinários, não dá para encher estas páginas de letras, se praticamente ninguém as lê. Mas vale registrar o pulinho no cinema para assistir a Um Beijo Roubado, do diretor chinês radicado em Hong Kong, Wong Kar-Wai. Dele, já assisti a algumas fitas, sempre recomendadas pela Liliane, fã de carteirinha desde que o viu pela primeira vez.

O diretor é uma espécie de fetichista, daqueles que não conseguem esconder na telona. Adora closes de sapatos, nucas de mulheres, vestidos chineses, conversas ao telefone, e sempre põe uma chuvinha em seus filmes. Em Amor à Flor da Pele, ele recheia um belo romance com boleros. Algo inusitado para um filme oriental.

Este, porém, é o primeiro filme feito literalmente para o mercado americano (como se os outros não fossem...). Para mim, além da atuação sempre marcante de David Strathairn, de Boa Noite e Boa Sorte, vale as lindas presenças de Norah Jones (estreante na telona), Natalie Portman e Rachel Weisz. Esta última, disparadamente, a mulher mais bonita do cinema atual, além de já ter provado que é excelente atriz. O que até a Liliane concorda.

Crítica do Omelete

2 comentários:

Daniel disse...

Rachel Weisz realmente é espetacular. Como diria meu irmão: "A melhor do baile".

Alexandre Cossenza disse...

Concordo quanto à Rachel!